Scroll Top

-Mito ou verdade

Parei de fumar como enfrentar a abstinência

Cada pessoa sente a falta de nicotina no organismo de alguma forma, não tenha dúvida de que seu organismo sentirá também, mas o importante é parar, se não conseguir na primeira não se desespere tente na segunda, terceira ou quantas for preciso (como diria Raul Seixas: tente outra vez…). Só existe benefícios no ato de parar de fumar, isso é apenas um mal costume que incutimos a nós mesmos para fugir dos dramas e amarguras da vida ou simplesmente querer se achar como “mausinho”, pegar essa muleta de apoio pode não ser uma boa ideia porque mais lá adiante ela vai quebrar… Parei de fumar como enfrentar a abstinência.

 

Como pode variar de pessoa para pessoa, alguns sintomas de abstinência estão presentes em grande parte dos ex-fumantes e podem ser:

 

  1. Ansiedade
  2. Irritação ou humor deprimido
  3. Inquietação
  4. Tristeza ou sensação de raiva
  5. Dificuldade para se concentrar
  6. Aumento do apetite
  7. Insônia
  8. Dor de cabeça
  9. Indisposição gástrica
  10. Tonturas entre outros.

 

O mais importante é não desanimar e seguir em frente sempre, pra mim particularmente quando estava parando de fumar, os piores momentos (de vontade fumar) aconteceram nas 2 primeiras semanas e não tive muitos sintomas de abstinência, mas mesmo assim é bom parar porque mau hálito, cheiro de fumaça na roupa que não se disfarça nem com perfume é conhecido a pessoa que fuma, então livre-se meu amigo o quanto antes e tenha uma vida mais significativa longe do vício.

 

A fissura que é aquele desejo intenso de fumar, não durará mais que 5 minutos, portanto mantenha-se alerta o suficiente para não cair na tentação, se caso acontecer, não será o único então pare novamente.

 

O psicológico é extremamente importante educar pois é por esse meio primeiramente que a pressão vem (fissura) acompanhado também por querer algum prazer físico ou uma espécie de relaxamento que o cigarro proporciona, mas lembre-se é a sua saúde em jogo.

 

A crise de abstinência logo vai passar e logo você não sentirá nenhuma falta ou desejo de fumar, seu organismo sente alguns dos sintomas de abstinência porque está muito acostumado com o cigarro e a falta dele é ruim, por outro lado é só se acostumar a ficar sem o cigarro, somos seres de costumes então tudo é possível.

 

Durante algum tempo é importante mudar alguns hábitos e rotinas que estavam correlacionados com o cigarro como tomar café, cerveja e outros associados. Não preocupe-se se o peso irá aumentar, isso varia de pessoa para pessoa. Uma dica legal é iniciar uma atividade física paralelamente com a parada do cigarro, assim seu organismo aumentará o nível de endorfinas o que fará você se sentir melhor.

 

Tudo é melhor quando se para de fumar. Absolutamente tudo, você verá.

 

Cortesia da imagen:

1º- Imagem cortesia de graur Ionut Razvan em FreeDigitalPhotos.net

 

 

Sobre o autor | Website

Sou ex-fumante, criador deste site para ajudar outras pessoas a largar esse vício que não serve pra nada, e que alimentei por cerca de 8 anos, hoje nem acredito como fui capaz de colocar todos esses venenos na boca.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.